Porque seu pensamento aumenta sua timidez (e como mudar isso)

pensamento_positivo

Antes de iniciar esse artigo, precisamos de um esclarecimento pequeno, porém importante. As palavras timidez e introversão normalmente são usadas para falar da mesma pessoa, porém possuem significados diferentes. Uma pessoa introvertida pode eventualmente ser tímida, mas não necessariamente é.

Tímidas são pessoas que temem o julgamento alheio e, por isso, gostariam de mudar seu comportamento; introvertidos buscam recarregar suas energias de forma silenciosa e não sentem falta de ser o que não são (lembre disso, é beeeem importante).

O fato é que sempre nos disseram que pessoas bem-sucedidas são ousadas, sociáveis e extrovertidas, e que no sucesso não há espaço para os quietos. Diz-se até que ser quieto é um pecado mortal.

Porém, o que poucos falam é que sem introvertidos o mundo não teria: o Google, a teoria da gravidade, os filmes engenhosos de Steven Spielberg, os livros fantásticos de Harry Potter, os produtos da Microsoft, entre muitas coisas. Mas fica a pergunta: o que difere os introvertidos que chegaram lá, dos que ficam escondidas na timidez? Qual o segredo deles?

O segredo está na neuroplasticidade, ou na nossa capacidade de criar pensamentos que tragam benefícios para nós. Isso mesmo, o segredo está no pensamento.

cerebro2Vamos pensar num rio: quando há vários riachos desembocando, o rio cresce, se desenvolve, flui. Assim é nosso cérebro: os pensamentos que você alimenta se ampliam, fluem de forma fácil.

Se alimenta a ideia de que não é bom suficiente, que nasceu para ser uma personalidade de “segunda mão”, que as pessoas não vão lhe admirar, você está alimentando esse rio em seu cérebro, e assim ele vai agir – com medo. Mas ao contrário, se alimentar pensamentos e ideias positivas a respeito de si, sua rede neural lhe ajudará a construir os caminhos necessários para chegar lá. Ou você acha que o Bill Gates pensava que iria fracassar na frente dos outros?

É uma questão química, quanto mais penso em algo, mais meu cérebro me ajuda a lembrar, diminuindo o caminho que o pensamento percorre. Então, quanto mais eu penso, mais esse pensamento surge em minha mente. O problema é que se tratando de timidez, normalmente cultivamos pensamentos ruins, que nos colocam para baixo. A gente pensa que não é bom o suficiente, que existe alguém melhor, que vai dar um branco na hora de falar, que não sabemos nos comunicar, enfim, vem uma série de pensamentos que só reforçam o medo do julgamento do outro. E com eles, chegam os sintomas físicos,
como suador, vermelhidão, tremedeira…


Mas como fazer isso?

Uma boa maneira de usar a neuroplasticidade a seu favor é melhorando cerebro1seus pensamentos. Em primeiro lugar, vigie sua mente por 3 ou 4 dias e anote todos pensamentos ruins e toda a sensação ruim que esses pensamentos te causaram, depois busque criar um pensamento positivo para cada um dos pensamentos negativos.

E coloque como meta: toda vez que o pensamento negativo vier, você substitui pelo positivo. Faça isso por pelo menos 40 dias. Depois desse tempo o pensamento positivo já terá criado raízes capaz de ajudar você a vencer sua timidez. Lembre-se do rio, quanto mais alimentar, maior ele será.

E você, qual rio anda alimentando?

 

—————

4 comentários sobre “Porque seu pensamento aumenta sua timidez (e como mudar isso)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *